atendimento@kalf.com.br

+55 (011) 4223-6355

Já pensou em usar sua bicicleta para fazer entregas de comidas delivery?

Se você tem uma bicicleta e está buscando uma fonte de renda, saiba aqui tudo o que precisará para ser um entregador de aplicativo para pedidos delivery.

Sexta, 13 de dezembro de 2019



A vida cotidiana tem trazido mudanças significativas aos nossos hábitos. A necessidade de praticidade, os smartphones, jornadas de trabalho flexíveis, a informalidade, o trânsito e as tendências “eco-friendly” são alguns dos motivos que colaboraram para o surgimento de uma nova modalidade de entregas expressas: os entregadores de comidas delivery com bicicletas.

É cada vez mais comum vermos bikers com as bolsas de entregas de empresas de aplicativos como Uber Eats, iFood e Rappi ou estabelecimentos locais pedalando pelo trânsito ou aglomerados nos centros comerciais, como os shopping centers. Se você pretende ingressar nesse tipo de trabalho, trazemos a seguir informações importantes. Boa leitura!

Antes de começar é preciso saber...

Esse é um tipo de serviço que não exige grau de instrução ou experiência e por oferecer uma jornada de trabalho flexível tem atraído muitos jovens, estudantes ou desempregados para o trabalho. Os interessados em iniciar devem baixar o aplicativo e se inscrever, informando os dados cadastrais exigidos.

Para ser entregador é preciso ter um smartphone com o aplicativo baixado e habilitado, uma conta bancária própria (mesmo nome e CPF cadastrado) para o repasse de verbas, uma bicicleta (que inclusive pode ser alugada) e o preparo físico para a jornada. Os equipamentos de segurança (como capacete e coletes) são recomendados ou exigidos, mas não são fornecidos pelas empresas. Os baús ou bolsas são necessários, mas muitos aplicativos disponibilizam isso gratuitamente.

Apesar de receberem bolsas de forma gratuita, quem pretende trabalhar com entregas por longas jornadas ou por muito tempo, deve considerar seriamente o uso de um baú para o transporte das entregas. Isso porque, a longo prazo ou através da repetição do esforço, o peso nas costas acaba custando para a saúde dos ciclistas. O esforço físico necessário para o pedalar, a postura ergonômica de acordo com a geometria da bicicleta somados ao peso nas costas podem acarretar dores e outros problemas de saúde. Uma das formas de evitar ou amenizar esses problemas seria transportar o peso em um baú ou caixa apropriada.

A KALF fabrica uma série de acessórios voltados à mobilidade e transporte de cargas, como o Baú Box Bike, o sistema de engate-rápido Clip Bike e o bagageiro Flex. Box Bike é um bauleto similar aos de moto, porém apropriado para bicicletas, que suporta até 10kg ou 20 litros e possui engate rápido – o entregador pode engatar ou retirar facilmente o baú da sua bicicleta e ter a mesma facilidade de uma bolsa, mas sem pesar nas costas. O Clip Bike é um sistema de plataforma e base de engate rápido que permite que diversos modelos de caixas, baús ou engradados sejam acoplados ao bagageiro da bicicleta com a facilidade do engate rápido. O bagageiro Flex é um bagageiro ideal para diversos tipos de bikes, do aro 20” ao 29”, com engate rápido e que suporta até 70kg. Essa linha de acessórios pode ajudar muito quem deseja utilizar a bicicleta para entregas.

Pros x Contras

As bicicletas são mais baratas para adquirir e manter do que as motos e para utilizá-las não é necessário ter carteira de habilitação. Em função do trânsito das grandes cidades, elas também são atrativas pelo fato de fugirem dos engarrafamentos e poderem cortar caminhos, mas vale lembrar que, embora ainda que não exista fiscalização para bicicletas, pelas leis de trânsito é preciso seguir algumas normas como a mão da via, não trafegar em calçadas, o uso de equipamentos de segurança, etc.

Outro apelo das bikes é que elas são consideradas “eco-friendly” pelo fato de não poluírem o meio ambiente, tendência utilizada como estratégia marketing por algumas empresas demonstrando a preocupação ambiental das marcas.

Ao que tudo indica, as bicicletas só perdem para as motos nos quesitos distância, pois enquanto a média coberta por um ciclista é um raio de 3 a 5km, um motociclista cobre um raio bem maior, e topografia, uma vez que as subidas e descidas exigem muito esforço físico dos ciclistas e dificultam a mobilidade e o desempenho nas entregas.

Cidades ou regiões que oferecem infraestruturas ciclologísticas apropriadas beneficiam o modal ao apresentarem ciclovias ou ciclofaixas adequadas e que facilitem os trajetos dos entregadores. Mas como nem todos os lugares estão adequados ao tráfego de bicicletas, quem se habilitar a fazer entregas usando esse tipo de transporte deverá estar atento às condições das ruas e ao trânsito, usando sempre equipamentos de proteção e sinalização para evitar problemas.

Agora que você já sabe como iniciar, escolha o aplicativo para o qual deseja trabalhar, cadastre-se e bom trabalho!

Ah! Lembre-se sempre de manter-se hidratado, protegido do sol e utilizar roupas adequadas.

Atualização em tempos de Coronavírus

Fizemos esse texto em dezembro de 2019, muito antes da nova realidade da pandemia. No novo contexto vimos a importância dos transportadores de bicicleta para toda a logística de entregas de alimentos, remédios e compras no geral.

Em uma época tão difícil para a economia, por conta das paralizações e do desemprego, fazer entregas tornou-se uma solução viável para driblar a crise e garantir uma renda. Se por um lado ficamos felizes em saber que cada vez mais, as pessoas estão aderindo ao uso das bicicletas para fazerem entregas, para transporte e para exercícios, as notícias que falam sobre o descaso com a higiene por parte dos entregadores e de seus empregadores também nos deixam muito tristes.

É de extrema importância que os estabelecimentos forneçam acesso para que os entregadores façam a higiene de suas mãos constantemente, bem como forneçam álcool em gel e a correta esterilização de materiais que tenham contato, como as maquininhas de cartões.

Essa também deverá ser a principal preocupação dos entregadores, para que possam trabalhar e também garantir que não sejam contaminados e não disseminem o vírus em suas rotas e suas casas.

E pra quem contrata os serviços delivery, se puderem oferecer álcool em gel ou qualquer tipo de ajuda a esses entregadores, elas serão muito bem vindas, temos certeza.

Cuidem-se!

#foodservice #alimentacaoforadolar #delivery #aplicativosdealimentação #cicloentregas #darkkitchen #coronavirus #covid19 #pandemia

*texto atualizado em 01/05/2020


voltar


Comentários

Busca no Blog